Home Economia Joaquim Levy garante menos recursos do Tesouro no BNDES

Joaquim Levy garante menos recursos do Tesouro no BNDES

Ao tomar posse nesta segunda-feira (7), o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, afirmou que procura reduzir a proporção dos aportes feitos pelo Tesouro Nacional ao banco de fomento.

Em cerimônia no Palácio do Planalto, Levy reconheceu que esses aportes vêm diminuindo, mas que buscará adequar ainda mais o balanço do banco para otimizar os recursos e beneficiar a população.

“Vamos continuar ajustando todo o balanço do banco”, disse o novo presidente do BNDES. “Repensar a maneira de trabalhar, a forma com que nós organizamos as contas, de maneira que possamos otimizar nosso balanço, que depende de uma proporção exagerada de recursos do Tesouro”, finalizou.

Nesta segunda-feira (7), presidentes de bancos públicos tomaram posse no Palácio do Planalto. Foram oficializados no cargo os presidentes Rubem Novaes (Banco do Brasil), Joaquim Levy (BNDES) e Pedro Guimarães (Caixa Econômica Federal).

Do Palácio do Planalto
Foto: Marcos Corrêa/PR
edição final: William Camargo/Folha Paulistana

Most Popular

Morre Diego Maradona aos 60 anos – O Príncipe do Futebol

Na manhã desta quarta-feira (25), morreu o maior ícone do futebol argentino: Diego Armando Maradona, aos 60 anos.

BLACK FRIDAY: Rebecca Bonbon com descontos de até 70%

A Black Friday começou mais cedo na Loja Oficial Rebecca Bonbon. A data para o início de ofertas que chegam até em 70% começou...

Ministério da Economia mantém previsão de queda em 4,7% este ano

15.09.2020 - 13h40 - A projeção de inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2020 é de 1,83%, acima da previsão de julho (1,6%). “O principal responsável pela elevação da projeção é o preço de alimentos. Observando a evolução do IPCA ao longo do ano, vemos que a inflação acumulada em 12 meses do grupo Alimentação no Domicílio, após atingir um valor mínimo de 5,06% em março, acelerou até alcançar 11,39% em agosto (último dado disponível).

São Paulo registra 234 mortes por covid-19 em um dia

Com 234 mortes e 8.055 novos casos registrados nas últimas 24 horas, o estado de São Paulo soma agora 32.338 óbitos e 882.809 casos confirmados do novo coronavírus desde o início da pandemia.

Recent Comments