Scroll to Top

Brasil vs Peru – Seleção é desclassificada com gol de mão do Peru

By REDAÇÃO FOLHA PAULISTANA / Published on segunda-feira, 13 jun 2016 00:18 AM / No Comments / 81 views

Brasil vs Peru – Gol de mão dá vitória aos peruanos – O Brasil foi eliminado da Copa América 2016, depois de um erro grotesco do juiz que validou um gol de mão. O Brasil sob o comando de Dunga ate que poderia ter feito a lição de casa e conquistado a vitória, porém, seja por incompetência de quem dirige a seleção, seja por os jogadores não conseguirem mostrar o verdadeiro futebol brasileiro, a única certeza é de que este é o maior vexame do Brasil em edições da Copa América. O jogo foi disputado neste domingo (12), no Gillette Stadium, em Boston (EUA).

Brasil 0 vs 1 Peru – Seleção é desclassificada com gol de mão do Peru
Brasil vs Peru – Seleção é desclassificada com gol de mão do Peru – Reprodução da TV

A partida foi válida pela terceira e última rodada do Grupo B. Um empate já garantiria o Brasil como primeiro colocado, mas com um erro de grande magnitude o Brasil acaba voltando mais cedo para casa. GabiGol entrou desde o princípio, mas não jogou o futebol que costuma jogar e acabou sendo substituído por Hulk, que também não fez grande diferença na equipe e nem tão pouco no esquema tático do Brasil.

Fontes já anunciam a possível saída de Dunga da Seleção e o nome mais cotado para assumir o comando da Seleção Brasileira é o técnico corintiano Tite. O mesmo já vem sendo sondado há algum tempo, e talvez os dirigentes só estavam esperando este possível tropeço para trocar o comando. O gol do Peru foi arcado por Ruidíaz, de mão e o juiz deu o gol. Absurdo!!!
PLACAR AO VIVO BRASIL 0 X 1 PERU – ENCERRADO

A escalação do Brasil, comandada pelo técnico Dunga deve ser a seguinte: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Gil e Filipe Luís; Walace ou Lucas Lima, Elias, Willian, Renato Augusto e Philippe Coutinho; Gabriel (Hulk).
[table id=2 /]

A escalação do Peru do técnico Ricardo Gareca, será a seguinte: Gallese; Revoredo, Christian Ramos, Alberto Rodríguez, Trauco, Tapia, Óscar Vílchez, Hohberg, Cueva, Paolo Guerrero, Édison Flores.

Seria tão simples se não fosse tão complicado, e olha que o trocadilho vale mesmo, pois a grande estrela do jogo foi mesmo o árbitro que deixou de marcar dois penaltis, um para cada seleção, e para fechar com chave de ouro, conseguiu, mesmo com recursos visuais de TV, e sendo aconselhado aparentemente por quem estava vendo replay das imagens, acabou validando um gol ilegítimo. O Peru fica em primeiro lugar no Grupo e o Equador que goleou o Panamá por 4 a 0, fica na segunda posição. O Peru pega a Colômbia nas quartas de final da Copa América Centenário.

O Estilo conservador que Dunga impôs para que a Seleção jogasse, contando talvez com o empate, simplesmente dificultou e muito que o Brasil conseguisse a vitória. Colocou GabiGol, que não respondeu as expectativas, trocando posteriormente por Hulk, que também pouco apareceu no jogo.

O Peru, por sua vez, não desistiu nem sequer um minuto em buscar o resultado positivo. Pena mesmo é que o Peru tenha se classificado com um gol claramente irregular.

O resumo da ópera é o seguinte: O Brasil não jogou o suficiente, não merecia ser desclassificado, mas também, desde o primeiro jogo não fez jus em passar de fase. Alguns podem até dizer: “Mas o Brasil jogou bem contra o Panamá e goleou, mas a realidade todos sabem, que até um time amador do Brasil ganharia daquela seleção. Não vamos desmerecer o trabalho dos jogadores, mas que faltou gana e garra, há, isso faltou e muito!

Opinião William Camargo/Folha Paulistana
Foto Rafael Ribeiro/CBF